19/08/19 16:28

Diretor da Funcef participa de reuniões de aposentados em sedes da APCEF

Reuniao_PatoBrancoabre.jpeg

Na semana passada, as sedes de Pato Branco, Curitiba e Foz do Iguaçu da APCEF-PR receberam reuniões de aposentados da Caixa. Os encontros tiveram a participação do diretor de Benefícios da Funcef, Délvio de Brito, e de diretores da AEA-PR, promotora da iniciativa.

Em Pato Branco, que abriu a série de encontros, estiveram presentes cerca de 80 pessoas, sendo 30 da ativa, incluindo pessoal de Mangueirinha, Realeza, Francisco Beltrão e Dois Vizinhos.  “Pela primeira vez, um diretor veio aqui falar para nós. Ficamos muito satisfeitos com essa deferência”, avaliou o coordenador regional das entidades, Sérgio Lazaretti.

Reuniao_PatoBranco2.jpeg

A principal discussão sobre o fundo de pensão foi a aplicação ou não da resolução número 30, editada pelo Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), que abre a possibilidade de a entidade estender os prazos e diminuir o valor das parcelas mensais do equacionamento.

Adequações de normas
Sobre essa questão, o diretor Délvio de Brito informou que mudanças estão em estudo, visando atender requisitos da resolução. Para se adequar, Délvio explicou que a Funcef encaminhou carta à Previc, perguntando se poderia fazer ajustes nos seus planos de benefícios e o reequacionamento do valor total, já que a normativa não aceita resíduos de deficit, como ocorreu com a Fundação no início do processo. A resposta ainda está sendo aguardada.

Em contrapartida, o diretor da Funcef apresentou um cenário otimista em relação à meta atuarial, informando seu alcance no fechamento de junho. Com esse resultado, a expectativa é até o final do ano atingir o superavit. Outros assuntos abordados foram a alteração do estatuto da Fundação, que tramita internamente, e a extinção do voto de Minerva.

Reuniao_Curitiba2.jpeg

Reuniao_Curitiba.8.jpeg

Em Curitiba, o evento reuniu diretores e conselheiros da APCEF, liderada pelo presidente Vilmar Smidarle. Além de Délvio, o presidente da AEA, Valfrido Oliveira, e o vice-presidente, Dirceu Baldi Rosa, participaram do encontro.

Saúde em pauta
O Saúde Caixa também esteve em debate. Em Foz de Iguaçu, a diretora de Saúde e Benefícios dos aposentados, Márcia Krambeck, falou principalmente da resolução 23 da CGPAR, cujas regras dificultam a manutenção do formato atual dos planos de fundos de pensão, e ações jurídicas que buscam anular essa resolução. Ainda se observou o risco do Saúde Caixa não constar no acordo coletivo de 2020.

Reuniao_Foz1.jpeg

No encerramento do giro pelo encontro no Paraná, Foz recebeu quase 40 associados da AEA. “Temos feito esses eventos buscando atender aos anseios dos aposentados, como a transmissão de conhecimento a respeito da Funcef e do Saúde Caixa. A nossa visão é de que temos atingido os objetivos, ainda mais em parceria com a APCEF”, avaliou Valfrido de Oliveira, que também é diretor de Assuntos dos Aposentados da associação.

Após as reuniões em Pato Branco e Foz, associados do Oeste participaram de jantar nas sedes regionais.

 

 

Compartilhe