Futsal tem escolinha, campeonatos e treinos masculino e feminino

Embora muito semelhante ao futebol de campo, o futsal tem suas diferenças e peculiaridades. As partidas são realizadas em uma quadra geralmente coberta e o tempo de duração é menor. No entanto, para os praticantes, a emoção dos jogos é tão intensa quanto em um gramado.

Na sede de Curitiba, há dois ginásios, onde são disputados treinos, competições e escolinha de futsal. Para os sócios mirins, há cinco turmas, divididas por idades, desde sub-7 a sub-15. Nas aulas, os jovens jogadores começam aprendendo atividades lúdicas, fundamentos do esporte, até mais tarde, treino tático, além da participação em competições, inclusive em outras entidades.

A partir de 16 anos, os sócios atletas têm a oportunidade de participar de campeonatos realizados durante o ano, como o Futsal Livre e o Interagências, aberto a todos sócios empregados da Caixa e dependentes. Também há treinos, entre eles o da equipe de futsal da APCEF-PR, que disputa campeonatos regionais e nacionais, a exemplo dos Jogos do Sul e da Fenae.

Futsal feminino – Há alguns anos, as sócias também passaram a dominar as quadras da associação. Com cinco anos de formação, o time de futsal feminino da APCEF-PR conquistou o título nos Jogos Nacionais, em 2018. Os treinos ocorrem duas vezes por semana e podem participar sócias acima de 14 anos.

Quando acontece: Os treinos de futsal feminino acontecem às terças, às 19h, e às quintas-feiras, a partir das 20h.

Contato: (41) 3083-1020 e esportes@apcepfr.org.br

Diretor de Esportes: Emerson Pinto
Gerente de Esportes: Ester Kokubu
Coordenação de Futsal Masculino: Thiago Mendes – telefone (41) 98886-3535 e 3016-3013
Coordenação de Futsal Feminino: Juliana Nardino Leonardi - (41) 3393-4279 e 98806-1090

 

bot_o associe-se.png

MATRIZ CAIXA 600X400.jpg

Não tem sentido! Caixa lucra mais, mas com redução do papel social e dos investimentos

O banco teve lucro líquido 11,5 bilhões entre janeiro e setembro. Mais uma vez, resultado recorde foi obtido com retratação do crédito, mais tarifas e redução do número de empregados

card-fenae-deficit-02.png

Deficit da Funcef continua crescendo

Fundação ganha mais com juros cobrados dos participantes no CredPlan do que com os títulos públicos. FIPs têm a maior valorização, com 10,89%

Matriz3-600x400.jpg

CEE/Caixa se reúne com o banco no dia 12 de dezembro

Dionísio Reis, coordenador da comissão, lembra que os empregados do banco podem enviar sugestão de patuás para as mesas de negociações