Regimento Interno das Coordenações Regionais

 
ART. 1º            A programação das Coordenações, deverão ser submetidas à Coordenação Geral, a cada semestre, para aprovação. Constarão, obrigatoriamente da programação: eventos, cronograma previsto para sua realização e estimativa de custos.
 
ART. 2º            Os atos relativos a estrutura e funcionamento dos Departamentos e os que se destinarem à disciplina de serviços da Sede Regional, serão baixados sob forma de ordens de serviço.
 
ART. 3º            Compete ao Coordenador Social/Cultural, programar semestralmente, os eventos sociais da Sede Regional; elaborar projetos para cada evento, submetendo-o à Coordenação Geral; incumbir-se dos contratos, pertinentes a cada evento, bem como da venda de mesas e convites, promovendo a divulgação. Programar as atividades culturais da APCEF/PR – Sede Regional; promover atividades de cunho cultural, visando a integração dos sócios, representar a Sede Regional em acontecimentos pertinentes quando designado; coordenar as atividades de esportes e lazer.
 
ART. 4º          Compete à Coordenação Esportiva, coordenar as atividades esportivas da Sede Regional; elaborar tabelas para uso da quadra esportiva do Clube; programar, semestralmente, os eventos esportivos da Sede Regional; propor à Coordenação a participação das Regionais em competições externas; manter contato com Entidades desportivas, no interesse da APCEF/PR; representar a Regional da APCEF/PR em Federações Desportivas quando designado; responsabilizar-se pela conservação e guarda do material Sede Regional; propor à Coordenação tabela de horário para os instrutores (técnicos), obedecidos as disposições administrativas.
 
ART. 5º          À Coordenação Administrativa/Financeira lhe confere a responsabilidade de administrar a Sede Regional e gerir os recursos financeiros da Regional, bem como prestar contas mensalmente dos recursos oriundos das receitas da Regional, em conjunto com o Coordenador Geral.
 
ART. 6º          Das reuniões da Coordenação: reunir-se à mensalmente, em sessão ordinária convocada pelo Coordenador Geral. §1º - A convocação das reuniões será feita, com antecedência de 48 horas da data marcada para início dos trabalhos. §2º - Admite-se a convocação telefônica para as sessões extraordinárias que tiverem caráter de urgência.
 
ART. 7º          As reuniões serão presididas pelo Coordenador Geral da APCEF/PR – Sede Regional e, na sua falta, pelo Vice-Coordenador Geral.
 
ART. 8º          No início de cada reunião será lida a ata anterior, que, achada conforme, será aprovada pelo plenário. §1º - A pedido de qualquer membro da reunião, poderão ser feitas retificações na ata submetida ao plenário.
 
ART. 9º          A pauta das reuniões será organizada pelo Coordenador Geral e distribuída aos Coordenadores com a convocação. § Único – Nas reuniões extraordinárias serão discutidos somente os assuntos que tiverem dado causa à sua convocação.
 
ART. 10         Ao Coordenador Geral da Sede Regional compete: presidir as reuniões; coordenar os debates; anotar os votos dos Coordenadores, definindo os empates com o voto de qualidade e proclamar os resultados das votações; encerrar a reunião; determinar que sejam encaminhadas à Diretoria Executiva os motivos que, estatutariamente, dependam de aprovação ou homologação deste poder; executar as deliberações aprovadas pela Coordenação e baixar os atos necessários à sua implantação.
 
ART. 11         Ao Vice Coordenador Geral da Sede Regional compete: substituir o coordenador geral e exercer atribuições que lhe fazem delegadas.
 
ART. 12         Nas reuniões da Coordenação os trabalhos obedecerão ao seguinte roteiro: organização da mesa e abertura; verificação de “quorum”, mínimo 03 (três) membros; leitura da ata da reunião anterior, discussão e aprovação; apresentação e discussão das matérias constantes da pauta; matérias por manifestação simbólica.
 
ART. 13         As decisões da Coordenação serão tomadas por maioria dos votos, sendo que os coordenadores que faltarem a 03 (três) reuniões consecutivas ou a 5 (cinco) alternadas, serão considerados renunciantes aos seus cargos, cabendo ao Coordenador Geral convocar o suplente e esta será apreciada pela coordenação para efeito de abono.
 
ART. 14         As decisões constarão da ata da reunião que foram discutidas e aprovadas, tendo a ata valor probatório.
 
ART. 15         As atas de que constem decisões da Coordenação, serão inscritas em livro próprio, com termos de abertura e encerramento assinados pelo Coordenador Geral e Coordenador que secretariou a reunião.
 
ART. 16         Para toda reunião da Coordenação haverá uma lista de presença que será assinada pelos Coordenadores que compareceram, através da qual se fará a verificação do “quorum” necessário às deliberações.
 
ART. 17         Este Regimento Interno poderá ser alterado pela Coordenação da APCEF/PR – Sede Regional, desde que autorizada pela Diretoria Executiva, a qualquer época.
 

ART. 18         O presente Regimento Interno entra em vigor no dia 02/06/2006 revogando-se as disposições em contrário. 

IMG_8209.jpg

Privatização é defendida por quem não entende a importância da Caixa

A avaliação é do presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira. Para ele, empregados e sociedade devem defender a manutenção do banco 100% público e com forte atuação social

ANIVERSARIO APCEF PE 600X400.jpg

Centenário da Apcef/PE é comemorado em grande estilo

Festa em casa de show do Recife reuniu cerca de 1.500 convidados, entre diretores da Fenae e de Apcefs de todo o país, além de associados de diferentes gerações. Diversas atrações animaram a comemoração

USUARIOS SAUDE CAIXA 600X400.jpg

Conselho de Usuários analisa o relatório das informações financeiras do 1º semestre de 2017 e outras ações referentes a gestão do plano

Na terceira reunião ordinária do ano, foram debatidos outros pontos como Central de Atendimento, gestão documental, medidas de eficiência entre outros

Enquete

Qual festa temática você gostaria que a APCEF-PR promovesse?