Churrasqueiras são ideias para assar boas carnes e se confraternizar

Para reunir a família e amigos e fazer aquele churrasco caprichado, não faltam opções na APCEF-PR. Há churrasqueiras de diversos tamanhos e modelos, para realizar desde um pequeno encontro até uma grande confraternização. A sede social, em Curitiba, oferece churrasqueiras tradicionais, espaços fogo de chão e salões de festas.

As churrasqueiras tradicionais são ideais para quem deseja convidar um grupo de até 50 pessoas. Na sede, há dois modelos básicos: as abertas (10), para até dez convidados, e as fechadas, sendo duas para até 40 pessoas e uma com capacidade máxima para 50 convidados.

Aos apreciadores de churrasco fogo de chão, há dois espaços para o preparo dessa carne, muito popular no interior do Paraná. Um espaço serve para 30 pessoas e outro para um grupo mais numeroso, de até 80 convidados.

Para aniversários e outras comemorações, uma boa alternativa é a locação de um dos dois salões de festas. Um deles tem capacidade para 50 convidados e outro é para até 80 participantes.

É importante lembrar que, para garantir o espaço desejado, deve-se fazer a reserva com certa antecedência da data do evento.

Período para uso: De domingo à domingo das 10h às 23h.

Como reservar: Somente o sócio titular ou cônjuge dependente pode fazer a reserva via sistema online, e-mail ou por telefone. Mas atenção: a lista de convidados deve ser encaminhada 48 horas antes da data do evento, com RG ou CPF dos convidados.

Contato: As reservas de churrasqueiras, espaços fogo de chão e salões de festas são realizadas pelo Serviços online e churrasqueiras@apcefpr.org.br.
 

bot_o associe-se.png

BHAudiencia600x400.jpg

Audiência na Câmara de Belo Horizonte discute fechamento de bancos públicos

Instituições devem garantir os avanços sociais e o desenvolvimento do Brasil, destacaram os participantes do evento. O diretor Cardoso representou a Fenae no evento

IMG_6089.jpg

Campanha “Defenda a Caixa você também” chega às ruas e às unidades do banco

Entre as ações, há artes veiculadas em outdoors e busdoors, além de spots rodando nas principais redes de rádio. Cartazes, praguinhas e balões foram enviados para todas as agências e áreas meio da Caixa

1510876085440.jpg

Occhi diz que abertura de capital da Caixa não está no horizonte. Mobilização não pode parar!

Presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, lembra que o governo já manifestou que quer transformar o banco em S/A. Por isso, alerta que mobilização de empregados e sociedade deve ser intensificada