11/01/20 09:35

Caixa comemora 159 anos em meio à luta para se manter um banco público

Caixa159anos_niver.20.jpg

A Caixa Econômica Federal completa 159 anos neste domingo (12 de janeiro). Uma das estatais mais antigas do Brasil, a empresa tem muito a comemorar por todos esses anos de serviços prestados à população, especialmente por ser agente de políticas sociais do país.

É o banco do FGTS, do Fies, do Bolsa-Família e de projetos de saneamento e habitação. Por sua forte inserção comercial, também dá lucro, e muito lucro. No ranking das instituições financeiras do Brasil, normalmente está entre as cinco maiores em número de ativos.

Neste primeiro ano de governo, os brasileiros vivem um momento de mudanças, entre elas as relacionadas à manutenção do caráter público da Caixa. Em jogo, estão a abertura de capital de ativos, como seguros e cartões. A Lotex, também conhecida como raspadinha, foi arrematada pela corretora Ativa Investimentos em outubro do ano passado.

Diante desse cenário, a APCEF-PR reafirma sua bandeira: a continuidade da Caixa 100% pública. “Mudanças e esperanças sempre fizeram parte das nossas vidas. Temos a convicção, no entanto, de que a Caixa deverá permanecer como uma instituição forte e pública, para melhor cumprir a sua missão na sociedade”, avalia o presidente da associação, Vilmar Smidarle.

Histórico rico
Desde que foi fundada por Dom Pedro II em 1861, a Caixa acompanha a história de desenvolvimento social e econômico do país. No século passado, os escravos buscavam a caderneta de poupança para mais tarde comprar sua carta de alforria. Presente em todos os municípios brasileiros, hoje atende 100 milhões de clientes e milhares de pessoas que procuram seus serviços.

Durante esses anos, os empregados também demonstraram força na luta pelo avanço de seus direitos. Entre as conquistas, estão o expediente de seis horas obtido em 1985, o novo PCS em 2008, o Saúde Caixa, a democratização da Funcef e a PLR Social.

A mobilização continua, agora, em defesa do caráter público da Caixa. Nesta segunda-feira (dia 13), estão programadas manifestações e atos em todo o país, como parte da campanha #ACaixaetodasua, promovida pela Fenae, APCEFs e outras entidades representativas. O principal objetivo é mostrar a importância do banco para o país.

 

Compartilhe