05/08/19 19:24

Treinão incentiva jovens e veteranos a correr e praticar o esporte

Treinaogrupo_JardimBotanico.19.3.jpeg

Na manhã de domingo (4 de agosto), os termômetros apontaram em torno de 3 graus em Curitiba. Mesmo com um frio congelante, associados não desanimaram e venceram a preguiça, participando do 1º Treinão APCEF-PR. A largada e a chegada foram no Jardim Botânico.

A estreia da atividade atraiu um público variado – a maioria já corre, mas tinha também iniciantes, jovens e mais experientes, sozinhos ou em família. O que valia era a prática esportiva e a integração entre os associados, segundo o coordenador de corridas da APCEF-PR, Herivelto Martins.

“O primeiro Treinão foi muito positivo. Apesar de estar muito frio, houve uma boa presença de corredores e incentivamos a participação na modalidade. Agradecemos o apoio da associação, com destaque para a Ester (Kokubu, gerente de Esportes) e a Aleksandra (Villas Boas, também da área esportiva). Nosso objetivo é realizar a atividade a cada 60 dias”, avaliou o coordenador.

Família unida na corrida

Para alguns, o evento foi um motivo para estimular o treino de familiares. Daniela Sumida Albuquerque, que está começando a correr, levou seu filho Lucas, de 13 anos, para participar e fez a inscrição do pai, Jaime Sumida, que estreou em um evento da modalidade. “Estava um pouco parada, mas atividades como essa são um incentivo para voltar a correr”, comentou Daniela, que fez o percurso de 6 quilômetros. O filho - o mais jovem participante, que até então se dedicava apenas à natação -, percorreu 10 quilômetros e disse que gostou da experiência na pista.

Aos 74 anos, o pai de Daniela comemorou sua primeira corrida. “Graças a minha filha, corri 6 quilômetros em 50 minutos. Estou muito feliz e agradeço a APCEF, pela iniciativa e excelente organização. Quero seguir o exemplo do meu amigo Jesse (Krieger)”. A atividade é uma forma de Sumida continuar se exercitando, após decidir aposentar as chuteiras do futebol. “Estava na hora de parar, pois faz 12 anos que estava com prótese no fêmur direito. Mas deixo marca histórica de 61 gols no Cride Cride, quando tinha 70 anos”. Agora, além de correr, o atleta diz que continua com a musculação e quer ser heptacampeão no truco.

Outro destaque do Treinão foi a aposentada Tamae Nagata, que se tornou exemplo de superação. Integrante ativa de competições da APCEF-PR, ela bateu seu recorde de distância, correndo 16 quilômetros, mesmo tratando desde o início do ano uma facite plantar (inflamação na membrana que recobre a sola do pé). "Pelo jeito está melhor, pois consegui correr sem parar. Foi um super treinão, com trajeto tranquilo e ainda acompanhada pelo Herivelto dando a maior força”. Em seus planos, está participar de uma meia maratona até o final do ano. 

Durante o trajeto, os corredores tiveram carro de apoio e pontos de hidratação e distribuição de frutas. Ao final do evento, além de serem recompensados com café quentinho e bolo, eles participaram do sorteio de brindes, como camisetas. A proposta é realizar o próximo Treinão em outubro.

 

Compartilhe